10 coisas para NÃO dizer a uma mulher bissexual

Texto de Lindsay King-Miller. Publicado originalmente com o título: ’10 Things Not to Say to a Bisexual Woman’ no site Cosmopolitan.com em 29/04/2014. Tradução de Bia Cardoso para as Blogueiras Feministas.

mulher_bissexual

Sim, eu quero dormir com homens e mulheres. Não, não com todos ao mesmo tempo. Nem com todos eles.

1. “Quer fazer um ménage com meu namorado e eu?”

Eu quero que você saiba que pensei seriamente em listar apenas essa frase 10 vezes e essa lista já estaria boa. Na verdade, pediria para voltar e reler essa frase mais nove vezes — porque isso é muito importante. Chegar em uma mulher sabendo que ela é bissexual e já solicitar um menage não é remotamente legal, educado ou aceitável. Acima de tudo, isso não vai funcionar. Só porque uma pessoa é atraída tanto por homens como mulheres não significa que ela esteja atraída por você e seu namorado — ou que ela topa qualquer convite para sexo em grupo. E, tratar as mulheres bissexuais como objetos sexuais faz com que elas queiram dormir cada vez menos com você, não mais.

2. “Que incrível — você tem o dobro de chances de ser chamada pra sair!”

Apenas, não. Primeiro de tudo, bissexuais não são necessariamente atraídos pelo dobro de pessoas em comparação com monossexuais (héteros ou gays) — apenas há uma variedade um pouco mais ampla. “Bissexual” não significa “aceitar tudo”. Nós ainda temos preferências. Além disso, muitas mulheres homossexuais e alguns homens heterossexuais não vão sair com mulheres bissexuais por causa dos preconceituosos estereótipos de que bissexuais traem mais ou que são desonestos. Então, assumir-se bissexual, na verdade, pode significar ter menos possibilidades de relacionamentos.

3. “Ah claro, todos experimentamos algo assim na faculdade.”

Não trate a orientação sexual das pessoas como uma fase. Na verdade, a menos que você esteja falando sobre a lua, tente evitar usar a palavra “fase” de modo geral — é ofensivo e demonstra falta de consideração. A identidade sexual de uma pessoa é real, mesmo que essa pessoa seja jovem, ou tenha dúvidas, ou eventualmente se identifique com um rótulo que melhor lhe convém. Além disso, muitas pessoas que definem-se como gay tiveram experiências heterossexuais quando eram jovens e ainda estavam descobrindo o sexo, e nem por isso elas são descritas como alguém que esteve “experimentando a heterossexualidade”.

4. “Mulheres bi sempre acabam virando heterossexuais no fim.”

Curiosamente, eu preciso assumir que conheço mais mulheres bissexuais em relacionamentos longos com homens do que em relacionamentos longos com mulheres. Mas, podemos falar sobre por que isso acontece? Não é porque a bissexualidade não é real ou porque é apenas uma fase. É porque mais homens que mulheres são atraídos por mulheres. A população de homens heterossexuais e bissexuais é simplesmente maior do que a população de mulheres homossexuais e bissexuais, então, assumindo que todos os outros fatores são iguais, é claro que mulheres bi, frequentemente, tem mais chances de encontrar parceiros masculinos. Além disso, infelizmente, por causa da bifobia na comunidade gay muitas vezes é mais fácil para uma mulher bissexual conseguir um encontro com um cara que com uma garota.

5. “Isso não é apenas outro nome para sacanagem?” 

Bissexualidade e promiscuidade são duas coisas totalmente diferentes, e embora eu seja a favor de ambas, é importante que as pessoas não confundam os termos. Você pode ser atraído por homens e mulheres e só ter relações sexuais com uma pessoa em toda a sua vida. Da mesma forma, você pode sentir atração por Taye Diggs e não trair seu parceiro com ele. Você provavelmente não sai por aí apontando literalmente quem você acha que é bonito, porque você é uma pessoa e você tem algum autocontrole. Então, por que você não presume que a mesma coisa acontece com pessoas bissexuais?

6. “Mas do que você gosta mais, homens ou mulheres?” 

Nenhum dos dois. Ambos. Depende de quem está no recinto. Depende da pessoa com quem terminei um relacionamento recentemente. Homens, mas apenas quando mercúrio está retrógrado. Rihanna. Eu não sei, isso não é realmente uma pergunta que tem uma resposta. Bissexuais não são atraídos por todos os homens ou todas as mulheres de uma maneira uniforme mais do que os heterossexuais são. Atração é algo complicado! Eu sei que você está esperando por uma resposta objetiva como: “Eu sou 70% interessada em mulheres e 30% interessada em homens”, mas não é assim que acontece na vida real (e nem vou entrar no fato de que posso sentir atração por pessoas que não se identificam nem como mulheres nem como homens).

7. “Você só está dizendo isso para chamar a atenção dos caras.”

Se esse fosse meu objetivo, eu teria parado de falar cinco segundos depois que comecei. Sim, há uma tipo particular de homem que tende a dar uma atenção especial a mulheres bissexuais assumidas, mas não são o tipo de cara e nem o tipo de atenção que você realmente quer. É o tipo de atenção assustadora, hipersexualizada, objetificada que nunca leva a um bom relacionamento (ou nem mesmo a uma boa transa). Nenhum desses caras dirá algo como: “Você é bissexual? Incrível! Então, conte-me mais sobre seus pensamentos a respeito de literatura pós-colonial”. Se a bissexualidade é o que atrai a atenção deles, esta será a única coisa na qual eles estarão interessados. Eles não querem me conhecer como uma pessoa e eu não quero conhecê-los de maneira alguma.

8. “Então você é gay agora?” (quando você namora uma menina) ou “Então você é hétero agora?” (quando você namora um cara).

A bissexualidade não desaparece só porque a pessoa está num relacionamento monogâmico! Eu não sei porque isso é um conceito tão difícil para as pessoas compreenderem. Nós não alternarmos o botão de gay para hétero dependendo da pessoa com quem estamos nos relacionando no momento. Isso seria muito confuso e difícil de acompanhar. “Cara, Naya Rivera é tão gostosa. Espera, ela é gostosa? Estou gay esta semana? Eu preciso começar a anotar essas coisas”.

9. “Eu gostaria de sair com você, mas sei que você vai acabar me traindo no fim.”

Mais uma vez, só porque você se sente atraído por alguém não significa que você tem que consumar essa ação. Pessoas bi não são mais ou menos propensas a trair do que pessoas homossexuais ou heterossexuais. Portanto, se alguém te traiu e disse que o motivo era por ser bissexual, essa pessoa estava mentindo. Fez isso porque é um idiota. Não saia com idiotas, escolha sair com bissexuais. Somos divertidos!

10. “Bissexuais conseguem tudo mais fácil.”

Sim! Apesar da bifobia na comunidade gay, da bifobia na comunidade hétero, da objetificação sexual, do apagamento de nossas identidades e dos dolorosos estereótipos em relação a nossa desonestidade e infidelidade, para não mencionar toda a frequente rejeição e discriminação enfrentadas por pessoas queer, você está certo, bissexualidade é uma festa sem fim. (Bem, nós geralmente temos cabelos bem legais, por alguma razão.) Em vez de escrever sobre como as pessoas bi são gananciosas, promíscuas, desonestas ou desesperadas por atenção, tire algum tempo para conhecer os problemas que enfrentam e passe a tratá-las como pessoas, não como estereótipos pornográficos. Você ficará mais feliz ao fazer isso. (Mesmo que não role um ménage).

Autora

Lindsay King-Miller é escritora. Vive nos Estados Unidos com sua companheira, muitos livros e dois gatos mimados. Twitter: @AskAQueerChick.

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva Bissexual organizada pelo Bi-Sides. 23 de setembro é o Dia Internacional da Visibilidade/Orgulho/Celebração Bissexual.

Autor: Blogueiras Feministas

Somos várias, com diferentes experiências de vida. Somos feministas. A gente continua essa história do feminismo, nas ruas e na rede.

1 pensamento em “10 coisas para NÃO dizer a uma mulher bissexual”

Os comentários estão desativados.