Glossário

A proposta desse glossário é identificar e definir alguns termos que usamos em textos, mas que não são tão conhecidos do publico em geral:

– Cis/Cisgênera/Cissexual – Referem-se as pessoas que não são trans*. Pessoas que se identificam com o género que lhes foi determinado quando de seu nascimento. A tradicional pergunta: menino ou menina? Tem inúmeras consequências futuras para a identidade e cidadania das pessoas trans*. Esse termo foi criado para demarcar politicamente quem é trans* e quem não é, para visibilizar o cissexismo de nossa sociedade. Confira uma lista de “privilégios” da pessoa cisgênera.

– Cissexismo/Cissexista – O cissexismo é a estrutura social que corrobora a discriminação de pessoas trans*. Cissexista são os atos e comportamentos diários que reforçam essa discriminação em uma sociedade ciscêntrica e cisnormativa. As relações de poder sociais excluem as demandas das pessoas trans*, negando-lhes poder de decisão e reforçam a heteronormatividade e o binarismo dos sexos.

– Feminicídio/Femicídio – é o assassinato de mulheres em decorrência de seu sexo, mas com uma significação política: a de genocídio contra as mulheres.

– Misoginia – ódio, desprezo ou repulsa ao gênero feminino e às características a ele associadas.

– Trans* – Usamos o asterisco na palavra ‘trans’ como um termo guarda-chuva. O termo ‘trans’ pode ser a abreviação de várias palavras que expressam diferentes identidades, como transexual, transgênero. Por isso, para evitar classificações que correm o risco de serem excludentes, o asterisco é adicionado ao final da palavra transformando o termo trans em um termo englobador que estaria incluindo qualquer identidade trans “embaixo do guarda-chuva”.