Manifesto por um movimento lésbico feminista e anticapitalista e, por isso, transinclusivo, não bifóbico e não genitalizante

Reproduzimos em apoio o manifesto abaixo porque acreditamos que o feminismo significa a inclusão de TODAS as mulheres. A publicação original foi feita no Facebook. Manifesto por um movimento lésbico feminista e anticapitalista e, por isso, transinclusivo, não bifóbico e não genitalizante O movimento lésbico tem sido dominado por ideias que nos parecem nocivas para…

Quais são as experiências de mulheres trans quando estamos falando de “socialização”?

Texto de Beatriz Pagliarini Bagagli. (Algumas) feministas parecem questionar a noção de que se nasce mulher até quando se lembram da existência de mulheres trans. Quando cai a ficha sobre a nossa existência, ou quando são lembradas da nossa existência numa chamada de atenção qualquer, surgem espontaneamente as noções "nascidas mulheres" ou "socializadas como mulheres"…

Quantos livros de mulheres trans será que Chimamanda já leu?

Nota da Coordenação das Blogueiras Feministas: Numa recente entrevista para o programa de televisão britânico Channel 4 News, a escritora Chimamanda Ngozi Adichie falou sobre diferenças entre mulheres cis e mulheres trans. Você pode ver a entrevista completa no Youtube: "Chimamanda Ngozi Adichie interview". Após ser questionada por suas declarações, Chimamanda publicou uma nota em…

Não deslegitime a luta das pessoas trans por meio de estigmas transfóbicos

Texto de Bia Pagliarini com contribuição de Vinicius Medeiros. Uma reflexão vale aqui por um enunciado que eu li sobre os "perigos" do pós modernos. Sujeito diz: "acho muito mais importante lutar pelos trabalhadores do que lutar para que playboy use saia em universidade". Eu gostaria de falar muitas coisas sobre esse raciocínio e o…

Interseccionalidade: como faz para não reproduzir mais exclusão para quem já está marginalizada?

Texto de Raíssa Éris Grimm. Interseccionalidade. Localizar e levar em conta os diferentes recortes de opressão e privilégio que nos situam. É um campo de tensão constante... Por um lado, a gente precisa nomear quem nos oprime. A gente precisa nomear os privilégios que se constroem às custas do que nos violenta. Ao mesmo tempo, saber que esse lugar…