A PM e a USP: onde estão as fronteiras que separam a universidade da sociedade?

Hoje, falarei sobre o movimento de ocupação da reitoria da USP (Universidade de São Paulo campus Butantã). Esse texto reflete a acalorada discussão que vem se estendendo na blogosfera (alguns sítios citados aqui), bem como a conversa com as amigas feministas, que integram nossa lista de discussão. Ficamos, durante dias, tentando entender a natureza das…