O estupro como arma de guerra

Dentre as várias notícias diárias que vemos sobre o conflito na Líbia, iniciado em fevereiro desse ano, muitas referem-se a violência sexual contra mulheres. Em março, Iman al-Obeidi de 26 anos, invadiu o hotel que abrigava jornalistas estrangeiros em Trípoli e acusou milicianos pró-Gaddafi de estuprá-la. Afirmou que foi violentada por dois dias, sendo estuprada…