Feministas na cozinha!

Para você que pensou que o feminismo ia abandonar as trincheiras da cozinha, venho anunciar um novo empreendimento das Blogueiras Feministas, o blog Feministas na Cozinha. Não é espaço gourmet, é cozinha com avental, forno e fogão. E a comida fica ainda mais gostosa quando feita por várias mãos.

Na Cozinha. Foto de Barbara Lopes, com autorização.

Um lugar para apreender o melhor dos sabores, dos temperos, das cores e perfumes que correm pelas panelas, tachos, colheres e raladores. Apanhe agora seu livrinho de receitas, pois essas feministas vão lhe ensinar que mulher pode tudo, inclusive gostar de cozinhar.

No post de estréia a Luciana vem borboletear nossos sentidos com camarões:

Abre a geladeira e vê o que tem. Camarões. Se foi sabida, reservou uns descascados. Pega o camarão nuinho e tempera com sal, curry e canela. Deixa o danado descansar e abre a torneira da banheira. Acende velas e coloca um disco (tangos imortais é uma excelente pedida). Abre uma cerveja. Vai bebendo. Depois de acompanhar o nível da água em relaxante nada pensar, coloca sabonete líquido e manda brasa na hidromassagem. Quando tiver fazendo bolhinhas e espuma, desliga e vai tratar o camarão.

Já a Sara Joker vai te ensinar receitinhas vegetarianas e ainda nos presentear com tirinhas bem humoradas:

A cada nova receita vocês verão bastante bom humor e comidinhas saborosas para todos os paladares. De duas em duas semanas você conhecerá uma nova receita divertida e em toda última semana de Sara Joker no mês, vocês se deliciarão com uma receitinha vegetariana. Essa semana teremos uma receita fácil, a preferida da mãe de Sara Joker: Cebolas a Dorê.

Não deixem de acompanhar o blog e de exercitar os sentidos na cozinha. Conhecer os alimentos, aprender a prepará-los e saboreá-los bem frescos é uma receita ideal para aprender sobre quem somos, qual nosso paladar, do que gostamos,  além de desenvolver novas habilidades. Então, todo mundo já pra cozinha!

Quem quiser compartilhar receitas pode entrar para o grupo de emails das Feministas na Cozinha.