A mulher política e previsão de futuro do TSE

Texto de Juliana Romão para as Blogueiras Feministas. A mulher política vive uma invisibilidade linguística que acompanha a sua baixíssima participação nos espaços de poder. Seu lugar político é real, mas não nomeado pela língua. É como se não existisse, vagasse fantasmagórica. A não-pessoa que ocupa um não-lugar. Os dicionários cantam a pedra: político é…