Relacionamento abusivo: violência silenciosa e romantizada.

Texto de Brenda Oliveira para as Blogueiras Feministas. Como é bom ter alguém dedicado a te fazer feliz, a te conceder seu tempo, seu espaço e dividir os planos de sua vida. Mas, em que momento, “o querer” e “o cuidado” tornam-se uma via de mão única e um benefício unilateral? Ninguém é capaz de…

O estado de sujeição da mulher como um discurso de consentimento para crimes e violência de gênero

Texto de Tamires Marinho para as Blogueiras Feministas. Ao se examinar as estruturas que fundamentam relações de desigualdade e até de barbáries cometidas contra minorias, sejam, justificadas devido a sua etnia, gênero, classe ou religião, o que se observa é uma tendência de desumanizar o sujeito através de práticas discursivas, como se direitos simples, defendidos…

Como Nossos Pais: um filme feminino que quer ser feminista

Texto de Bia Cardoso para as Blogueiras Feministas. Atenção! Esse texto contém spoilers! Na maioria das críticas que li sobre o filme Como Nossos Pais, o feminismo foi pontuado: "anseios e conflitos da mulher neste século"; "os dilemas da supermulher". Então, começo dizendo que não classifico como um filme feminista, mas isso não é importante.…

Nem ser esposa nem ser prostituta garante às mulheres alguma felicidade e segurança

Texto de Monique Prada. Foi na Suméria, por volta do ano 2.000 a.C. que surgiram as primeiras leis separando as “boas” das “más” mulheres --- fundamento do estigma de puta, essa divisão já se via presente bem antes disso. No entanto, as leis passam a oficializar o desejo da sociedade à época. Precisamos lembrar que…

Quando a mãe vai embora

Na supersérie Os Dias Eram Assim, o abandono familiar de Monique (Letícia Spiller) deixou os internautas indignados. Texto de Jennifer Frank Rodrigues para as Blogueiras Feministas. A supersérie da Rede Globo, Os Dias Eram Assim teve sua passagem de tempo e o desfecho de uma das personagens tem recebido bastante críticas nas redes sociais. Monique, interpretada…