Bloco das perseguidas, o terror dos reaças

Texto de Tatiana Lionço. Quem me conhece sabe que eu nunca fui de carnaval. Tenho fobia de multidão e detesto que me imponham ritmos e formatação à vida sexual. Amo montação, embora não dependa minimamente de festa datada para andar pela rua do jeito que eu bem entender, mesmo que pareça bizarra ou anormal. De…

Perdoai, eles não sabem o que dizem

Texto de Tatiana Lionço*, doutora em psicologia e ativista do movimento LGBT que vem sendo difamada na internet em decorrência de um vídeo, produzido pelo deputado Jair Bolsonaro, cuja edição deturpa, de maneira covarde e manipulatória, sua fala gravada durante o IX Seminário LGBT, realizado na Câmara dos Deputados em 15 de maio deste ano. Você…

Transviada contra a ordem sexual: má fé e vergonha

Texto de Tatiana Lionço*. Após episódio de distorção de meus argumentos em um pronunciamento público na Câmara dos Deputados, ocasionado pela edição das falas e atribuição de legendas interpretativas a afirmações descontextualizadas, cá estou eu assistindo a um processo de difamação crescente associado ao meu nome na internet. Estava eu, há três meses atrás, desempenhando…

Demoníacas: injúrias de fundamentalistas cristãos contra a luta das mulheres e contra o avanço na garantia de direitos humanos, sexuais e reprodutivos

Texto de Tatiana Lionço*. Na época da inquisição, muitas mulheres foram queimadas em fogueiras por não corresponderem à compulsoriedade do matrimônio, por praticarem curas baseadas em conhecimentos das ervas da natureza, ou por desafiarem a moralidade patriarcal. A moralidade patriarcal sempre esteve a serviço da dominação masculina, tal como sugerida pelo sociólogo Pierre Bourdieu. O…