Marchemos aqui, mas não é exatamente o meu lugar

Cheguei animado. Sabia que a Marcha ia ser boa, não tinha a menor dúvida. Acompanhei todo o processo de organização da Marcha das Vadias do Distrito Federal muito de perto: algumas de minhas melhores amigas participam ativamente da organização. Perdi companhias queridas em diversas ocasiões em nome de reuniões. Mas tudo que eu fazia era…

Enquanto Pedro não puder ser Pedro…

Pedro acabara de sair de uma balada. Podia ainda sentir seu corpo badalar, provável efeito das duas cervejas e da vodca que tomou naquela noite. Aliás, que noite! Encontrou alguns amigos, dançou, beijou. Aquele garoto ficou a olhá-lo por cerca de 10 minutos, sem parar. Percebeu logo no começo, mas, por algum tempo, ainda tentou…

Os limites da libertação masculina

Ontem, um texto circulou muito pela internet. Sob o título de “Enfim, a emancipação masculina“, da autoria de Eliane Brum, falava-se a respeito de masculinidades, sobre como os homens ainda vivem submetidos a uma série de normas e padrões de comportamento, sobre como se fala da libertação das mulheres, mas muito pouco da libertação dos…