Feminismo e Resistência
Elizabeth, Terezinha, Eduardo e a morte no Complexo do Alemão
Feminismo não é para mulheres certas
O que acontece depois que uma mulher jovem e grávida decide não abortar?
Feminismo e capacitismo
Indígenas e invisíveis
Só engravida quem quer?

Manhattan: onde os maridos ricos pagam bônus a suas esposas

Homem coloca um colar no pescoço de uma mulher. Imagem de Stock4B/Corbis.

Texto de Karen Polaz para as Blogueiras Feministas. Num sistema capitalista de produção, fruir de uma condição socioeconômica considerada favorável significa, na maior parte das vezes, ter uma vida de Continue Lendo →

Juntas contra o antifeminismo: uma leitura crítica do evento ELLA

II Encontro de Mulheres - ELLA. Cochabamba, Bolivia, 2015. Foto de Constanza Portnoy.

Texto de Milagros Olivera, Constanza Portnoy e Florencia Goldsman. Publicado originalmente com o título: “Nosotras contra el anti-feminismo: una lectura crítica del evento ELLA” no site Marcha – Una mirada Continue Lendo →

Imperatriz Furiosa e as mulheres feministas em Mad Max: Estrada da Fúria

Imperatriz Furiosa em cena do filme Mad Max: Estrada da Fúria (2015).

Texto da Equipe de Coordenação das Blogueiras Feministas. Atenção, esse texto contém spoilers! Quem matou o mundo? Essa é uma das perguntas feitas no filme Mad Max: Estrada da Fúria. Continue Lendo →

Por que as revistas femininas são como são? E como pretendemos arejar esse modelo.

azmina

Texto de Marjorie Rodrigues, uma das criadoras do projeto da Revista AzMina. Cresci lendo revistas femininas. Quando tinha uns 7 ou 8 anos, minha mãe assinava a Criativa e me deixava Continue Lendo →

Quem tem o poder de dar poder?

Mulher musculosa. Foto de Rikard Elofsson no Flickr em CC, alguns direitos reservados.

Texto de Ana Nery para as Blogueiras Feministas. Outro dia, passando a vista pelo Facebook topei com um texto chamado: “Como se tornar uma mulher irresistível, as dicas dos homens”. Continue Lendo →

Acolher ou não a miséria do mundo? A resposta de uma africana.

fatoudiome

Transcrição e tradução da fala de Fatou Diome, escritora senegalesa, no programa francês “Ce soir (ou jamais!)” em 24/04/2015, num debate sobre imigração e racismo em que a pergunta a ser respondida Continue Lendo →

Domésticas das Filipinas: o Brasil que perpetua a senzala.

A empregada doméstica filipina Amy Villariez, 33 anos, com a patroa Thalita Assis, advogada, 35 anos. Foto de Adriano Vizoni/Folhapress.

Texto da Equipe de Coordenação das Blogueiras Feministas.  “A língua é o de menos: passaram mais de dez babás por aqui e nenhuma dava certo, porque ficavam de má vontade”, Continue Lendo →

As religiões patriarcais monoteístas e o feminismo

Mulheres curdas se abraçam. Imagem divulgada pelo perfil do Twitter: @mela_ehmed em 06/10/2014.

Texto de Cecilia Olliveira para as Blogueiras Feministas. Islã, Judaismo e Cristianismo tem a mesma base: São a descendência de Abraão. São monoteístas e religiões patriarcais. Na maioria de seus Continue Lendo →